sexta-feira, 22 de julho de 2011

Toca-discos Sansui SR-222 - Caso perdido?

Aqui um aparelho que ganhei de um amigo, que até gostaria de citar nominalmente, mas acredito que o mesmo prefia anonimato. Mas enfim, fica registrado o agradecimento. E este mesmo amigo que me mandou por correio este aparelho também ganhou o toca-discos,  mas ele preferiu doar a mim, pra que eu pudesse consertar.

Não seria nenhum bixo de sete cabeças, não fosse um detalhe: Ese aparelho é europeu e feito para trabalhar em rede elétrica de 50Hz.

Explico, em termos leigos: a rede de energia elétrica funciona em corrente alternada. Isso significa que, ao contrário das pilhas que se usa para aparelhos portáteis que tem polaridade fixa em "positivo e negativo", a rede pública alterna entre seus polos a polaridade numa frequência fixa. Por isso que se pode plugar uma tomada na parede sem se preocupar em encaixar positivo com positivo e negativo com negativo. Afinal, como já disse, cada pólo alterna entre positivo e negativo 60 vezes por segundo.

Na Europa, a frequência da rede é de 50Hz, o que significa alternância de 50 vezes por segundo. Acontece que os motores dos tocadiscos usam essa frequência como referência para manter a velocidade de giro constante. Logo um tocadiscos feito para tocar em 50Hz  não pode funcionar em 60Hz, certo?

Bem, sim e não =]

Se um aparelho é para 50Hz e for ligado em 60Hz, vai girar bem mais rápido. E quem determina a velocidade de rotação é a polia tracionadora, que vai ao eixo do motor e este, por sua vez, traciona a correia que faz girar o prato. Quanto maior o diâmetro dessa polia, maior a velocidade de giro. Para que fique claro: Polia, neste caso, é aquele eixo do motor que impulsiona a correia, bem  entendido! ;)

Então, é lixar a polia até baixar a velocidade. Parece fácil e simples, mas acredite: não é. Dá um trabalho dos diabos e tem que ser muito preciso. Lixar um pouco a mais significa baixar a velocidade de rotação em definitivo, o que é desastroso.

Tem que lixar e polir aos poucos, recolocar a correia, conferir a velocidade num ciclo que só finaliza quando a velocidade desejada é atingida. E não pára por aí: Tem que ser feito duas vezes, já que o toca-discos tem duas velocidades, 33 e 45 RPM. Feito tudo isso, desmontar o motor para limpar a "poeira" de metal que sobrou. Valeu a pena? Acredito que sim. Quem me doou o tocadiscos não queria que este fosse apenas mais um aparelho a cair em mãos erradas, que o transformassem em sucata ou meramente aproveitasse peças.

A tampa de acrílico que veio acompanhando o aparelho não é original,  por isso não me preocupei em instalar e fotografar.

Enfim, como ficou o som? A rotação ficou perfeita? Ela oscila? isso você pode conferir no vídeo abaixo:


10 comentários:

  1. Não seria mais fácil colocar um transformador na tomada de 50hz pra 60hz?

    ResponderExcluir
  2. "Não seria mais fácil colocar um transformador na tomada de 50hz pra 60hz?"

    Seria mais fácil sim, mas inconveniente e geraria custo. A transformação que fiz foi a custo zero - desconsiderando, é claro, o tempo investido - e manteve o aparelho utilizável em qualquer tomada elétrica, em qualquer lugar que eu queira usar. Hoje mesmo vou levá-lo ao clube do vinil daqui de Campinas como um dos tocadiscos para discotecar. Imaginou ter que levar junto um transformador? Para mim não seria interessante. Por isso que no título já perguntei: "caso perdido?" Obrigado pelo comentário e forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. os tranbsformadores transforma voltagem , nao prequencia (HZ)

      Excluir
  3. Arruma minha vitrolinha teleotto e poem aqui também!

    luisbfmsilva@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. Caro Aggio

    Tenho 3 toca-discos pra você restaurar (uma garrard inglesa, uma polyvox, uma outra que não me lembro agora), como faço?

    Também tenho projetor de slides antigo manual, que falta o cabo e a lâmpada.

    Meu mail brazleme@gmail.com

    Abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  5. Caro Aggio

    Os modelos são:
    Garrard At60 - ano 1960 (inglesa)
    Garrard 6-300 - Ano ??
    Polyvox TD-2900 - Anos 70/80 ??
    Gradiente cassete Mod:cd-1666 - Ano 1974

    Abraço!

    Braz

    ResponderExcluir
  6. Olá Fábio!
    Estou com um marantz 6025 com o mesmo caso do seu Sansui. Ele é europeu, 50hz e está com alteração na rotação. Será que você consegue resolver esse problema pra mim? Se sim, por favor, me contate com urgência no e-mail andrejesus.adv@gmail.com
    Grande abraço!
    André

    ResponderExcluir
  7. Fábio, tenho um sansui FR-D55 e necessito encontrar um braço (completo), não faço idéia onde encontrar, vc poderia me informar?, grato.

    ResponderExcluir
  8. AMIGOS PELO QUE EU SEI O GRANDE FABIO FALECEU POR ISSO NAO RESPONDE AS PERGUNTAS .LAMENTAVEL UM AMANTE DOS VINTAGES

    ResponderExcluir